domingo, 23 de dezembro de 2007

ARQUIVOS TEMPORÁRIOS DA INTERNET

Diminua o cache do Internet Explorer. Para fazer isso clique em Ferramentas> Opções de Internet>Geral. Vá nas Propriedades de Arquivos temporários da internet e use a barra para diminuir o espaço destinado aos arquivos temporários. Você pode também configurar o Internet Explorer para deletar os arquivos temporários a cada vez que ele é fechado. Para fazer isso escolha Ferramentas>Opções de Internet>Avançado. No item Segurança, marque um x no quadradinho que diz para apagar os arquivos temporários cada vez que o Internet Explorer for fechado. Muito bem, ao fechar o Internet Explorer, você vai notar a luzinha vermelha do seu HD piscando algumas vezes. Isso demonstra que os arquivos temporários já estão indo pro espaço.

DESFRAGMENTAÇÃO NO BOOT

Você pode habilitar ou desabilitar a desfragmentação automática no boot do windows. A desfragmentação fará com todos os arquivos de inicialização sejam gravados próximos uns dos outros, permitindo um boot mais rápido. Edite o registro, navegue em HKEY_LOCAL_MACHINE / SOFTWARE / MICROSOFT / Dfrg / BootOptimizeFunction. Selecione Enable na lista da direita. Dê dois cliques e troque o valor para Y (para habilitar) ou N (para desabilitar). Reinicie o computador.

* Limpando o cache do sistema de proteção de arquivos O Windows XP usa um sistema de proteção de arquivos (WFP), de modo que se algum arquivo de sistema for substituído de forma não autorizada por você ou por algum programa, o Windows recupera a versão anterior do arquivo.Mas para poder fazer isso ele armazena em cache todas as .dll e outros arquivos de sistema na pasta System32/dllcache. E isto custa alguns bons megabytes no seu disco. Aqui está o que pode ser feito para não perder tanto espaço: Abra uma janela de prompt e digite, sem as aspas, "sfc /cachesize=x" onde o x é a quantidade em MB que você deseja reservar para o cache do Windows. 50MB seria um bom tamanho. Agora podemos fazer uma outra coisa: eliminar todos os arquivos armazenados no cache, que estava exageradamente grande. Para isso digite no prompt sem as aspas: "sfc /purgecache". Você vai notar uma intensa atividade no HD. Significa que uma infinidade de arquivos do cache estão sendo deletados. Não se preocupe, se mais tarde o Windows vier a precisar de algum deles e não o encontrar no cache, pedirá que você insira o CD de instalação e o encontrará no CD.
* Elimine o arquivo HIBERFIL.SYS O arquivo hiberfil.sys ocupa um espaço enorme no seu computador. Você pode recuperar esse espaço se desabilitar a função de hibernação do Windows. Melhor simplesmente desligar o monitor quando precisar se ausentar do computador por um bom espaço de tempo. No Painel de Controle, em Opções de energia, na opção Hibernar, desmarque o quadradinho que diz Ativar Hibernação. Isso elimina do seu HD o arquivo hiberfil.sys, que em certos casos pode chegar a mais de 500MB.

* Para que uma lixeira tão grande? Diminua o tamanho da lixeira. O Windows reserva 10% do espaço de seu disco rígido para a Lixeira. Isso é um desperdício. Clique sobre a Lixeira com o botão direito do mouse e, nas Propriedades, escolha um tamanho menor. Quanto maior o HD, menor pode ser o tamanho reservado para a Lixeira. Eu uso 3%. Você deve decidir pelo tamanho mais apropriado para Você.

ELIMINE ARQUIVOS TEMPORÁRIOS

Muitos arquivos temporários (com extensão .tmp) são criados na pasta c:\Windows\Temp e C:\Documents and Settings\usuário. Você pode deletar todos eles periodicamente.

ELIMINE ARQUIVOS - thumbs.db


Elimine os arquivos thumbs.db Quando você visualiza imagens e vídeos no modo miniaturas, o Windows cria um arquivo oculto chamado thumbs.db em cada pasta de imagens ou videos. Assim você acaba com um monte de arquivos thumbs.dl espalhado pelo HD do computador. Esses arquivos não aparecem no Windows Explorer, mas aparecem em disquetes ou cds daquelas pastas que forem gravados. Para livrar-se desses arquivos, siga os seguintes passos:

1. No Windows Explorer clique em Ferramentas.
2. Escolha Opções de pasta.

3. Escolha Modo de exibição.

4. Marque um x em Não armazenar miniaturas em cache.

5. Clique em Aplicar a todas as pastas.

6. Clique em Aplicar e em OK.

APAGANDO PONTOS DE RESTAURAÇÃO

Pontos de restauração comendo espaço Pontos de Restauração criados no Windows ocupam um determinado espaço no HD. O espaço ocupado é proporcional à quantidade de pontos de restauração criados. Assim sendo, você pode e deve eliminar os pontos de restauração mais antigos. Vá para o menu Iniciar/Todos os Programas/Acessórios/Ferramentas do Sistema/Limpeza de Disco. Na janela que se abrir, escolha "Mais Opções". Na parte de baixo escolha a opção "Restauração do Sistema" e "Limpar". Todos os pontos de restauração serão eliminados, com exceção do mais recente.

INICIAR O EXPLORE RAPIDAMENTE

Deletando automaticamente os arquivos temporários da Internet O Internet Explorer automaticamente deleta os arquivos temporários ao ser fechado, mas isso não acontece por default. Selecione Ferramentas>Opções de Internet>Avançadas e marque a opção Esvaziar a pasta Temporary Internet Files quando o navegador for fechado.

INICIAR PROGRAMAS RAPIDAMENTE

Ao lado do menu Iniciar existe a barra de Inicialização rápida, onde se pode criar atalhos para seus programas favoritos serem iniciados de forma rápida e fácil. Basta "pegar" um ícone de programa ou qualquer arquivo com o mouse e arrastar para a barra. Note que não é o programa, mas sim um atalho dele, que ficará na barra. Para excluir, basta clicar com o botão direito do mouse e escolher Excluir. Para que a barra funcione, é preciso que esteja habilitada.
Na barra de ferramentas ao lado do menu iniciar você clica com o botão direito do mouse e vai em propriedades/Mostrar barra de inicialização rápida, marca e clica em aplicar e ok.



MAIS RAPIDEZ PARA O MENU INICIAR



Seu menu Iniciar vai ficar mais rápido se você fizer uma pequena alteração no registro. Navegue para Menu Iniciar\EXECUTAR\Regedit\HKEY_CURRENT_USER\Control Panel\Desktop. Selecione MenuShowDelay na lista da direita. Dê dois cliques nele e escolha um valor entre 0 e 400. Quanto menor o valor escolhido, mais rápido o menu fica. O padrão do Windows é 400. Sugestão: deixarem 100. Reinicie o computador.

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

OTIMIZANDO O PC PART-2

Faça uma faxina profunda no seu pc e deixe seu Windows mais rápido!
O registro do Windows armazena diversas informações do sistema operacional e dos programas instalados, além de configurações e ajustes, entre outros dados.
Conforme instalamos/desinstalamos programas, o registro vai se inflando cada vez mais, reduzindo o desempenho do sistema, além de deixá-lo completamente cheio de sujeiras e entradas inexistentes. Este utilitário permite checar e/ou remover todos os itens inválidos encontrados.
Nesta nova versão, muito mais chaves inválidas serão eliminadas do registro, fazendo o Windows ter um desempenho melhor. E agora com a opção de restauração diretamente dentro do programa.
Interface gráfica mais bonita, pesquisa mais rápida e apurada. Altamente recomendado.
Compatível com todas as versões 32 e 64 bits do Windows, inclusive Windows Vista e 2003 Server.

http://superdownloads.uol.com.br/download/147/mv-regclean/

OTIMIZANDO SEU COMPUTADOR

Coletânea de utilitários para você ajustar, otimizar, limpar, diagnosticar e acelerar o seu computador. Ideal para iniciantes, intermediários e avançados. -Limpador de Disco Rígido (Arquivos Inúteis) -Limpador de Registro (Chaves Inválidas) -Limpador de Atalhos Inválidos -Limpador de Internet (Cookies, Histórico,Spywares...) -Limpador de Histórico de Programas (Ex: Google Toolbar) -Otimizador do Windows XP -Otimizador de Conexão -Desfragmentador da Memória -Otimizador de Inicialização do Sistema -Diagnóstico Geral do Computador -Relatório com Todos Dados do Computador -Visualizador de Fontes

ANTI-ADWARE

Estamos na era da informática, a tecnologia dos softwares e computadores avança cada dia mais e o acesso a Internet se torna comum e necessário para nós ficarmos atualizados e compreendermos melhor o mundo que nos rodeia. A busca de conteúdo e informação, a alta velocidade de comunicação e as ferramentas de trabalho oferecidas pelo computador e pela Internet são indispensáveis no dia-a-dia e por isso dependemos do desempenho em que se encontra nosso PC e da boa navegação pela Web.E isso acaba se tornando um obstáculo quando nos deparamos com spywares - softwares espiões - que causam lentidão de navegação, podendo baixar e enviar vírus, worms, spams, propagandas, malwares e muita coisa que realmente traz dor de cabeça.Os spywares muitas vezes não são identificados por anti-vírus e podem ser muito perigosos, impossibilitando comprar, vender, acessar bancos, trabalhar e navegar com segurança. Com o aumento do número de pragas que invadem a web, a necessidade de ferramentas cada vez mais específicas foi se tornando uma realidade e assim o mais recomendável atualmente é possuir um anti-vírus e um anti-spyware instalado e atualizado.O AD-Aware é um dos pioneiros no combate de spywares e portanto um dos softwares com mais experiência e eficiência no ramo, prevenindo, detectando e removendo estes arquivos maliciosos, trazendo como consequência um computador livre destas ameaças, tornando o mesmo seguro e com um ótimo desempenho.A interface do programa é arrojada e fácil de usar, mesmo estando em inglês, basta dar um Scan Now, esperar ele buscar por dados mal intencionados no sistema(incluindo no registro do Windows) e ficar atento ao que o programa achar, deletando tudo com alguns cliques para deixar seu computador nos trinques.

SPYBOT-S&D - ANTI-SPYWARE

O SpyBot-S&D pode detectar e remover vários tipos de spywares de seu computador.O spyware é um tipo relativamente novo de ameaça que programas antivírus comuns ainda não conseguem detectar. Se há alguma barra de ferramentas nova no seu Internet Explorer que você não instalou intencionalmente, se o seu navegador trava, ou se a página inicial do seu navegador é alterada sem você saber, você provavelmente tem algum spyware. Mas mesmo que você não perceba nada, você pode estar infectado, pois estão surgindo mais e mais spywares que rastreiam silenciosamente a sua navegação para criar um perfil de marketing de você que será vendido para companhias de propaganda. O Spybot-S&D é gratuito, então não custa nada você tentar ver se algo entrou também em seu computador sem você saber.O Spybot-S&D também pode remover rastros de uso, uma função interessante se você partilha o seu computador com outros usuários e não quer que eles vejam no que você estava trabalhando. E para usuários avançados, ele permite que você corrija algumas incoerências no registro e extensas notificações.

AVAST - ANTI-VIRUS

O que significa Avast?!Avast é uma gíria antiga relacionada aos piratas que mais tarde foi incorporada à língua inglesa. "Avast" era um comando usado para parar rapidamente ou desistir. Um equivalente em português seria a interjeição "alto".MecanismoO mecanismo do Avast! é aprovado pelo laboratório da ICSA — empresa especializada em verificar softwares de segurança — alegando que este antivírus possui alta perfomance em suas habilidades de detecção, especialmente para os perigosos cavalos-de-tróia. Dentre suas características mais importantes, está incluído o suporte para escaneamento em arquivos compactados nos diversos formatos existentes, tais como: ACE, ARC, ARJ, BZIP2, CAB, CPIO, CHM, DPX, GZIP, ISO, LHA/LHX, MAPI, MIME, RAR, RPM, SIS, TAR, TNEF, ZIP, ZOO e 7-ZIP. Além de trabalhar com compactação, o Avast também escaneia pacotes de executáveis, como ASPack, Diet, FSG, PeShield, PKLite, MEW, UPX, etc.Ele também é capaz de encontrar vírus que se escondem em arquivos de transmissões alternativas em partições NTFS.ProteçãoO Avast! Home Edition conta com proteção em tempo real para manter o seu computador seguro 24 horas por dia, detectando ameaças antes que elas tenham chance de infectar o sistema. Essa proteção aplica-se aos arquivos de sistema e também aos leitores de e-mails ou notícias.Ela inicializa-se juntamente ao sistema operacional e oferece personalização de opções para você especificar arquivos que serão escaneados e os tipos de extensões. Sua proteção para com os leitores de notícias e e-mails consiste em dois modos: protocolo ou plugin. No primeiro ele trabalhará diretamente com as contas de e-mail IMAP4, POP3, NNTP e SMTP; já no segundo, fornece um plugin especial apenas para o cliente de e-mail Microsoft Outlook, providenciando uma varredura mais transparente e completa.Uma característica inovadora é a capacidade de análise heurística ao escanear e-mails, permitindo dessa forma, detectar vírus e worms que não são possíveis de descobrir através de detecções triviais. A perfomance da análise heurística é excelente, avaliando cada mensagem e verificando assinaturas suspeitas que anunciam possíveis ameaças.Mantenha seus compartilhadores de arquivos e mensageiros instantâneos protegidos: O Avast é capaz de criar um escudo protetor para mensageiros instantâneos e compartilhadores P2P (Shareaza, Limewire, eMule, Kazaa, etc.), protegendo o usuário de arquivos perigosos.Defenda sua rede: Possui um escudo de rede capaz de fornecer defesa para ataques de hackers e worms. Ele analisa todo o tráfego de rede em busca de conteúdos maliciosos, assemelhando-se muito a uma ferramenta chamada firewall.Navegue com mais prazer: O Avast possibilita uma navegação mais segura e agradável, filtrando e monitorado o tráfego de endereços HTTP de websites na Internet. Ele age como um proxy de HTTP transparente com compatibilidade para os navegadores mais conhecidos, como: Internet Explorer, Firefox e Opera.Definições e atualizações: Suas definições são pequenas e atualizadas constantemente de forma automática, facilitando a vida do usuário.


O QUE É UM ADWARE?

Adwares são softwares que exibem propagandas no seu computadores. Os softwares ‘grátis’ como KaZaA e Grokster são suportados por adware. Você provavelmente viu em nosso site que utilizamos diversas vezes a palavra “spyware” para descrever estes adwares e você entenderá porque mais abaixo.
Adwares nem sempre são necessariamente maliciosos. O principal problema com os adwares são os mistérios que existem por trás do seu funcionamento. Diversos adwares tentam utilizar nomes aleatórios para dificultar sua remoção. Outros não incluem uma entrada funcional no Adicionar/Remover Programas.
Ao contrário dos spywares, adwares não possuem qualquer uso a não ser suportar os softwares que você instala no seu computador. Mesmo assim, diversas vezes encontramos adwares instalados em computadores sem qualquer programa patrocinado por eles, o que significa que o programa foi parar no computador de alguma forma pouco justa. Esse foi o motivo pelo qual adwares foram e são até hoje alvo de muitas críticas.
Outros adwares chegam até mesmo a utilizar técnicas de rootkit, escondendo-se do sistema. A verdade é que não existem companhias que jogam limpo nessa área. Mesmo assim, adwares são desenvolvidos por companhias que os gerenciam e os promovem. Diversas companhias que desenvolvem adware obtiveram grande lucro nos últimos anos e foram suportadas por diversas empresas de grande porte, incluindo empresas de cartão de crédito, bancos, a Dell e até mesmo o Yahoo!.

O QUE É UM SPYWARE?

Spyware é o termo usado para descrever software que executa determinados comportamentos, como publicidade, recolha de informações pessoais ou alteração da configuração do computador, normalmente sem o seu consentimento prévio.
O spyware está muitas vezes associado a apresentações de publicidade (chamado adware) ou software que detecta informações pessoais ou importantes.
Isso não significa que todo o software que fornece anúncios ou detecta as suas actividades online seja mau. Por exemplo, pode assinar um serviço de música gratuito, mas "paga" pelo serviço aceitando receber anúncios publicitários que se adeqúem aos seus interesses. Se compreender as condições e concordar com elas, pode achar que se trata de um acordo justo. Também pode concordar em permitir que a empresa detecte as suas actividades online para determinar que anúncios apresentar.
Outros tipos de spyware fazem alterações no seu computador que podem ser aborrecidas e provocar lentidão ou o bloqueio do computador.
Estes programas podem alterar a página inicial ou página de pesquisa do seu browser da Web ou adicionar componentes desnecessários ou indesejados ao seu browser. Estes programas também dificultam muito a reposição das configurações para a forma como as tinha originalmente.
Em todos os casos, o importante é que você (ou alguém que utilize o computador) compreenda aquilo que o software vai fazer e se concordou em instalá-lo no computador.
Existem várias formas de o spyware ou outro software indesejado entrar no seu computador. Um truque comum é instalar o software sub-repticiamente durante a instalação de um outro software que deseja, como um programa de partilha de ficheiros de música ou de vídeo.
Sempre que instalar algo no seu computador, certifique-se de que lê cuidadosamente todos os acordos, incluindo o contrato de licença e a declaração de privacidade. Por vezes, a inclusão de software indesejado numa determinada instalação de software está documentada, mas pode ser apresentada no fim de um acordo de licença ou da declaração de privacidade.

O QUE É UM VIRUS?

Os vírus informáticos são pequenos programas de software concebidos para se espalharem de um computador para outro e para interferir no seu funcionamento.
Um vírus pode danificar ou eliminar dados no seu computador, utilizar o seu programa de correio electrónico para se alastrar para outros computadores, ou até apagar tudo o que esteja no disco rígido.
Os vírus espalham-se mais facilmente através de anexos em mensagens de correio electrónico ou mensagens instantâneas. Por isso, é essencial que nunca abra anexos de correio electrónico provenientes de um remetente não conheça ou de que não esteja à espera.
Os vírus podem estar disfarçados sob a forma de anexos de imagens divertidas, cartões electrónicos ou ficheiros de áudio e vídeo.
Os vírus também se espalham através de transferências na Internet. Podem estar escondidos em software ilícito ou noutros ficheiros ou programas transferidos.
Para ajudar a evitar vírus, é essencial que mantenha o seu computador com as actualizações e ferramentas antivírus mais recentes, esteja informado sobre ameaças recentes e siga algumas regras básicas quando navega na Internet, transfere ficheiros e abre anexos.
Depois de um vírus estar no computador, removê-lo e evitar mais infecções é mais importante do que identificar o seu tipo ou o método que ele utilizou para aí chegar.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Dicas da net

Um novo conceito en televisão acaba de surgir na internet. trata-se da WORLDTV, plataforma dinâmica com a opção em português que permite que o usuário crie uma estação de Tv personalizada na web.

Segundo a revista on-line Business Wire, o serviço de video on-line da próxima geração WorldTv anunciou na semana que passou o lançamento internacional (http://www.worldtv.com/), viabilizando que os usuários criem, gerenciem e operem de graça sua própria estação de tv pesonalizada na web.



domingo, 16 de dezembro de 2007

ATUALIZAÇÃO DO WINDOWS "formatando part-7"

Não tenha dúvida. Se você não quer nem saber de complicação e deseja mais é ter conforto na hora de manter seu sistema operacional “nos trinques", configure-o para receber atualizações automaticamente. Para tanto, vá até Painel de Controle>Atualizações Automáticas. Uma vez lá, você pode determinar qual a freqüência e o horário que o sistema deverá procurar por atualizações, se quer que elas sejam instaladas sem a sua permissão ou fazer com que o sistema o avise toda vez que surgir mais uma atualização e assim vai. Mas se você não quiser esperar, basta ir ao site Windows Update e seguir as instruções lá publicadas. Logo após o término da instalação, o sistema deverá se encarregar de baixar os arquivos necessários.Note que é imperativo realizar a atualização do Windows. Vários pacotes de correção liberados pela Microsoft foram feitos para dar cabo de diversas vulnerabilidades críticas e, por isso, para se manter seguro na Web eles devem ser implementados o quanto antes. Depois dessa seqüência, você já poderá reinstalar os aplicativos que costumava utilizar normalmente.Pronto, seu computador está novinho em folha. Agora basta colocar seus arquivos pessoais de volta ao PC. Precavido morre de velho: não custa nada passar cada um deles pelo crivo do antivírus. Para transferir os e-mails de volta para a máquina.
OBS: SÓ FAÇAM ATUALIZAÇÕES DO WINDOWS SE SEU SISTEMA FOR ORIGINAL.

INSTALAÇÃO DO SISTEMA OPERACIONAL "FORMATANDO PART-6"

Agora prepare-se para a próxima operação, que é a reinstalação do sistema operacional. Ela costuma demorar uns 40 minutos e não requer muitas intervenções do usuário. Algumas delas incluem a configuração do fuso-horário, escolha do layout do teclado (que na maioria das vezes é o ABNT2, caso seu teclado contenha “Ç”, “~” e demais acentos presentes na Língua Portuguesa).No final do processo, o Windows dará mais um boot no PC. Neste momento, você poderá retirar o CD de instalação do drive óptico. Atenção: mesmo tendo configurado a conexão com a Internet, evite se conectar nesse momento, pois o computador ainda está vulnerável, pois além de não estar configurado corretamente de acordo com o hardware presente, o Windows não conta com diversas atualizações para problemas críticos. Nesse momento, instale os drivers da placa-mãe, dos cartões de vídeo e áudio. Logo em seguida (possivelmente depois do boot requerido pelos instaladores dos drivers), instale um bom antivírus. Afinal, acessar a Web sem qualquer proteção tem se tornado cada vez mais arriscado. Há uma opção gratuita e muito boa que é o AVAST. Depois de instalar é só atualizar o antivírus.

FORMATANDO "formatando part-5"

E eis que finalmente é possível dar início à formatação propriamente dita. Opte pela formatação completa e NÃO pela rápida (Quick). Caso você não for instalar nenhum outro sistema operacional a não ser o Windows XP e todas as máquinas da sua rede não tenham outros sistemas operacionais (como o Linux ou o Mac OS X), você pode escolher o sistema de arquivos NTFS, o mais seguro atualmente. Mas se um dia você quiser que sua máquina seja capaz de rodar dois sistemas operacionais, o que é conhecido tecnicamente como fazer com que o PC se torne “dual boot”, você deverá optar pelo sistema de arquivos FAT32, pois ele é compatível não só com o Windows, mas também com o Linux. Depois de fazer sua escolha, tecle “F” para iniciar a formatação. Um HD de 80 GB costuma consumir pouco mais de uma hora para ser formatado.Formatação concluída, o computador é reiniciado para que se inicie o programa de instalação do Windows. Não toque em nada. Apenas acompanhe.

PASSO A PASSO "formatando part-4"



Insira o CD-ROM do Windows XP, reinicie o computador e aperte qualquer tecla assim que a mensagem para dar boot pelo CD apareça. Caso isso não ocorra, reinicie o computador, aperte DEL ou F8 e ative essa opção. Não pressione nenhuma tecla agora (caso queira instalar um driver SCSI ou RAID, o que é pouco provável, chame um técnico ou alguém com conhecimentos avançados). Apenas espere o programa de Setup ser carregado. Depois aperte Enter.Nesse momento serão oferecidas as seguintes opções: dar ESC para Formatar, apertar a letra “R” para reparar eventuais danos no sistema operacional, e F3, para cancelar a formatação. Atenção: reparar o sistema não é o mesmo que formatar o HD e instalá-lo de novo, e sim apagar somente os arquivos do sistema e substitui-los por novos. Para formatar, aperte ESC. Depois pressione a tecla “D” para apagar a partição existente. É bom reforçar que é altamente recomendável realizar essa ação, pois isso permite ao sistema fazer uma verificação completa do HD e encontrar problemas físicos no disco. Aperte ENTER para confirmar que pretende deletar a partição existente e, depois, “L” para, de novo, confirmar que a partição existente será deletada. Isso ocorre porque, a partir deste ponto, todos os dados serão apagados.Aperte a tecla “C” para criar a partição nova. Atenção: é possível criar mais de uma partição nesta etapa. Em um HD de 80 GB você poderia, por exemplo, reservar uma partição de 20 GB só para o sistema operacional e outra de 60 GB só para guardar arquivos em geral. Um disco rígido com duas partições faz com que o sistema “entenda” que há dois HDs em seu sistema. Outra vantagem – que é a principal – é a seguinte: caso seu sistema operacional ou a partição onde está o Windows se danifique, você não perde o conteúdo que está alocado na outra partição. E vice-versa.

MÃOS A OBRA "formatando part-3"


Mas há momentos que nem isso pode salvar seu sistema por conta do alto grau de corrompimento do núcleo. Por isso, chegou a hora de arregaçar as mangas e reinstalar o Windows. No entanto, antes de começar a “mandar ver”, é preciso tomar algumas precauções. A primeira: tenha todos os CDs de instalação dos programas que está acostumado a utilizar (como o Microsoft Office, seus jogos, etc.), pois TUDO será apagado do disco rígido. O mesmo vale para seus preciosos arquivos, o que inclui e-mails e documentos do Office, por exemplo.Além disso, será preciso reinstalar os drivers de todos os itens de hardware da sua máquina, como a placa-mãe, placas de som e de vídeo (caso elas não sejam do tipo on-board, ou seja, não façam parte da própria placa-mãe), webcam, impressora e qualquer outro componente que vá permanecer instalado no PC. Com respeito aos drivers, programas responsáveis pela comunicação entre o sistema operacional e o item de hardware, a maioria dos fabricantes costuma mantê-los em seus sites para serem baixados. Por isso, se possível, baixe tudo o que for preciso e grave-os em um CD antes de formatar a máquina para que não ocorra nenhum percalço depois que o sistema for reiniciado. Note: só faça tudo isso caso você não tenha guardado os CDs com os drivers, ok?

PREVENÇÃO "Part-2"

É por isso que é sempre bom realizar ações preventivas periódicas como verificação de erros e desfragmentação da unidade onde o Windows está instalado. Para realizá-las, basta clicar duas vezes em “Meu Computador”, clicar com o botão direito no HD (geralmente chamada unidade “C:”), clicar em “Propriedades” e selecionar a aba “Ferramentas”. Uma vez lá, basta clicar nos botões correspondentes para agendar a verificação ou desfragmentação, pois enquanto o computador estiver com o sistema operacional carregado, isto é, em operação, essas atividades não serão realizadas e sim no próximo boot (ou inicialização). Outra opção seria adquirir um software que realiza automaticamente esses procedimentos de manutenção

A ORIGEM DO PROBLEMA "Formatando part-1"


Os computadores podem começar a apresentar defeitos com o passar do tempo, como programas que não abrem mais, congelamentos sem motivo aparente ou o aparecimento da famigerada “tela azul”. As causas são diversas e imprecisas. Com o tempo, o próprio sistema operacional acumula uma série de erros e acaba sofrendo uma pane geral.Outra possibilidade – que é bem mais comum, por sinal – é a falta de cuidado do usuário. Se você costuma visitar sites “suspeitos” ou pouco seguros (grandes fontes de vírus/Trojans e, principalmente, adwares, programas que se auto-instalam e são capazes de alterar as configurações do navegador e/ou registrar suas ações na Web, por exemplo), vive instalando e desinstalando programas dos mais variados, alterando as configurações originais por meio de pacotes desenvolvidos por terceiros, como por exemplo aqueles voltados para a personalização do visual do Windows, pode se preparar, pois sua máquina, mais dia, menos dia, vai começar a “engasgar”.Ainda bem que é possível parar tudo e começar do zero quando se trata de computadores. Às vezes, só formatando a máquina se consegue fazer com que o PC volte a funcionar corretamente, pois o núcleo central do sistema operacional (chamado por uns de “core” ou kernel) pode ter se corrompido.