quinta-feira, 8 de maio de 2008

Um roteiro para montar um sistema de videoconferência

Se você precisa tomar algumas decisões rápidas com seu chefe ou subordinado, não é necessário marcar formalmente uma reunião, ir ao escritório dele ou trazê-lo até sua sala. Faça uma videoconferência. Não é difícil nem caro: basta usar os recursos já existentes na rede local da empresa. Primeiro, vamos organizar a lista dos itens necessários. A estrutura básica é uma rede de micros com suporte ao protocolo TCP/IP - característica que hoje praticamente todas as redes têm. Depois, seu micro e o de seu parceiro devem estar equipados com placa de som, microfone e câmera de vídeo, rodando o Windows 95 ou 98. No passo-a-passo a seguir, admitimos que você vai partir de micros padrão corporativo - ou seja, sem nenhum periférico multimídia (placa de som, CD-ROM, microfone etc.). Portanto, se na prática você vai usar máquinas já com esses recursos, salte os primeiros passos e comece diretamente pela instalação da câmera de vídeo.

A primeira tarefa é instalar a placa de som. Abra o gabinete do micro e encaixe a placa num conector livre e fixe-a à carcaça do gabinete com um parafuso. Em seguida, se a máquina tiver uma unidade de CD-ROM, ligue o cabo de áudio à placa de som e à saída do CD-ROM. Feche o micro. Pegue o plugue das caixas acústicas e encaixe-o na saída Speaker da placa de som. Ligue, também, o microfone ao conector marcado com a legenda Mic - ou Line In, se não houver Mic.

Agora, ligue o computador. Ao detectar a nova placa, o sistema lhe pedirá para instalar o driver correspondente. Para isso, você poderá precisar do CD do Windows ou do CD que acompanha a placa. A tarefa, agora, é instalar a videocâmera. Neste passo-a-passo, usamos duas câmeras QuickCam VC, da Logitech, que se conectam ao micro via porta USB. Se os micros disponíveis não têm porta USB, você deve usar câmeras para ser ligadas à porta paralela.

A instalação física da câmera é supersimples: basta encaixar o cabo à porta USB. O melhor é que isso pode ser feito sem desligar a máquina. O sistema operacional responde imediatamente, pedindo para você colocar o CD com o software da câmera. Feito isso, a câmera está instalada. Coloque-a em cima do monitor com a lente voltada para você. Agora, é preciso instalar o programa que vai possibilitar a videoconferência. No CD da câmera você encontra o MS-NetMeeting, produto que faz parte do Internet Explorer, mas que funciona também com os browsers da Netscape. Instale-o e execute-o. Esse programa permite a comunicação com voz e imagem via Internet ou através de uma rede local. Ao ser executado pela primeira vez, o NetMeeting vai ajudá-lo a testar se o microfone e a placa de som estão funcionando corretamente. Vai também pedir informações para identificar o usuário do PC.

Passemos aos ajustes finais. Numa rede com TCP/IP, cada máquina é identificada pelo número IP, algo como 10.100.32.8. Para saber qual o número do micro, clique com o botão direito no ícone Ambiente de Rede e escolha Propriedades. Na tela Rede, ponha em primeiro plano a orelha Configuração, selecione a opção TCP/IP seguida do nome da placa de rede e acione o botão Propriedades. Anote o número mostrado em Endereço IP. Anote ainda, da mesma tela, o item Nome do Computador, que está na orelha Identificação. Repita todos os passos da instalação para cada micro que vai fazer parte da "rede" de videoconferência.

Agora, o grande teste. Abra o NetMeeting numa das máquinas e clique no botão Chamar. Na caixa Chamar Usando, escolha Rede. E em Endereço digite o número IP ou o nome do micro da pessoa com quem você quer se comunicar. Do outro lado (o NetMeeting precisa estar ativo), vai soar uma campainha e aparecer uma caixa com a mensagem "Chamada de Fulano" e os botões Aceitar e Ignorar.

Se seu parceiro aceitar, começa a sessão. Na tela do programa, surgem dois monitores de vídeo. Um exibe a imagem local e o outro a remota. Clique no botão Enviando, para que sua imagem seja vista no outro lado. Fale ao microfone para testar como o som está chegando ao parceiro. Ouça o que ele fala. Para encerrar, clique no botão Desligar. O NetMeeting oferece outros recursos além desse "videofone". Você e seu parceiro podem dividir a operação de um aplicativo que só exista em sua máquina ou na dele (botão Compartilhar). Podem, ainda, usar um serviço de chat (botão Bate-Papo) para conversar via teclado. Aliás, esses dois últimos serviços podem ser instalados apenas com o NetMeeting e a rede. Não requerem nenhum recurso de multimídia.


Fonte: Info online

2 comentários:

Anônimo disse...

Este artigo é de 2001 sua topeira. Está mais do que desatualizado.
Não coloque conteúdo tão sem valor pois só enche o google de MERDA.
Abraço

Anônimo disse...

Concordo plenamente com o comentario acima